EMPREENDEDOR, CONSULTOR
E INVESTIDOR ANJO

Empreendedor Franco-Gabonês que subiu a pulso Nicolas Pompigne-Mognard é o Fundador, Chairman e proprietário a 100% do APO Group, o serviço de distribuição de imprensa e consultoria de comunicação Pan-Africano.

O Nicolas é:

O APO Group  é:

  • A agência de relações públicas Pan-Africana da FIFA, a entidade governativa do futebol
  • A agência de relações públicas Pan-Africana da NBA
  • A agência de relações públicas Pan-Africana da Liga Africana de Basquetebol (BAL)
  • A agência de relações públicas Pan-Africana da Afro Nation, o maior festival de Música Afrobeats do mundo.
  • O Parceiro Estratégico da Associação Nacional de Comités Olímpicos de África (ANOCA), a entidade que preside a entidade do Movimento Olímpico em África
  • Principal Patrocinador Oficial da Associação Africana de World Rugby, Rugby Africa, a entidade do Rugby em África
  • O Parceiro Oficial do programa africano do clube de futebol francês Olympique de Marseille“OM Africa”
  • O Patrocinador Oficial da primeira equipa africana da União Ciclista Internacional (UCI) World, TeamQhubeka
  • Parceiro Principal do Fórum de Inovação e Empreendedorismo das Mulheres Africanas (AWIEF)
  • O Patrocinador Oficial do Projeto SEED (Desporto para Educação e Desenvolvimento Económico)
  • O Parceiro da Associação Internacional de Imprensa Desportiva (AIPS)

As receitas do APO Group cresceram 88% em relação ao ano anteriror no primeiro semestre de 2022.

O APO Group trabalha com mais de 300 clientes, que vão desde governos a instituições internacionais, personalidades proeminentes e empresas ativas em África. Alguns dos prestigiados clientes do APO Group incluem Facebook, Dangote Group, Nestlé, GE, NBA, FIFA, Canon, DHL, Marriott Group, Ecobank, Siemens, Standard Chartered, Orange, Jack Ma Foundation, Banco Africano de Desenvolvimento, Organização Mundial de Saúde, Banco Islâmico de Desenvolvimento, Liquid Intelligent Technology, Rotary International, Kaspersky, Greenpeace…

O APO Group é parceiro estratégico da Getty Images em África e estabeleceu parcerias com a African Union of Broadcasting, Bloomberg, Thomson Reuters, CNBC Africa e SABC (África do Sul).

O APO Group é ainda membro da Coligação Global para a Educação da UNESCO, da Aliança Global da UNESCO para Parcerias em Lietracia de Media e Informação, e estabeleceu parcerias com a Organização Mundial de Saúde (OMS), com a Comissão da União Africana, Invest Africa, Venture Capitalism for Africa (VC4A) e com a Câmara do Comércio Canadá-África.

O APO Group é Parceiro da Igreja Católica Romana em África (Santa Sé) ; e foi Parceiro Oficial de Relações Públicas Estratégicas da União Africana na Expo 2020 Dubai.

Em dezembro de 2018, o Nicolas deixou de ser CEO do APO Group e foi substituído por um antigo CEO para África, Médio Oriente e Europa de Leste da Orange Business Services, a divisão B2B da gigante francesa de telecomunicações Orange. O seu sucessor trabalhou como Chairman do Conselho de Administração da Orange Arábia Saudita, e Diretor para o Médio Oriente na região do Golfo para a Accenture.

Durante a sua altura como CEO no APO Group, o Nicolas tem feito crescer a empresa e ainda serve e aconselha centenas de empresas multinacionais a investir e a realizar negócios em África. Como Chairman, está centrado em fornecer aconselhamento de alto nível para clientes da empresa e a desenvolver o seu fundo de investimento dedicado a África.

Desde 2020, Jack Ma convidou o Nicolas para ser um dos sete juízes da semifinal do prémio anual Africa’s Business Heroes (ABH) ajudando a identificar os dez finalistas que vão avançar para competir numa “final de discursos” em frente ao próprio Jack Ma.

Como Diretor do Prémio dos Prémios Africanos de Imprensa e Fotografia, o Nicolas criou um painel de avaliação fantástico orientado pelo Chairman do Mundial de Rugby, Sir Bill Beaumont, e criaram artigos do mundo dos negócios e do desporto. O painel de jurados de 85 membros consiste em empresa proeminentes como, por exemplo, DHL, Google, Uber, Jaguar Land Rover, Kenya Airways, John Deere, Lufthansa Group, Pfizer, Qatar Airways, MTN, Radisson Hotel Group, Visa, Universal Music Africa, Canon, apenas para indicar alguns.

Em 2021, a Organização Internacional para as Migrações (IOM), parte das Nações Unidas, pediu ao Nicolas que fosse Chairman do Júri dos Prémios de Jornalismo de Migração da África Central e Ocidental de 2021. Alguns dos membros do júri incluíram o Secretário-Geral da FIFA, Fatma Samoura, e o Vice Presidente Sénior do Grupo do Banco Africano de Desenvolvimento (AfDB), Bajabulile “Swazi” Tshabalala, apenas para indicar alguns.

Nicolas foi ainda orador no fórum Bloomberg Africa Business Media Innovators de 2019, no Fórum de Inovação e Empreendedorismo das Mulheres Africanas (AWIEF) de 2019, um moderador no Fórum de Investimento Hoteleiro de África (AHIF) de 2019 e na conferência Africa Tomorrow da AHIF de 2020.

Nicolas criou o APO Grup em 2007 enquanto era jornalista para a Gabonews, mídia online gabonesa, e Vice-Presidente da Organização Pan-Africana de Imprensa em França (APPA – Association de la Presse Panafricaine). Fundou a empresa com uma poupança de €10.000, como capital inicial. O objetivo foi fornecer a imprensa africana e internacional acesso a notícias fiáveis sobre o investimento, empresas e economia do continente. Desde então, o APO Group ajudou os comunicadores a se apoiarem em histórias africanas únicas e convincentes, permitindo a mudança na narrativa africana para um tom mais positivo.

A história de sucesso do Nicolas apareceu na CNN, na Forbes, na Forbes Africa, e na CNBC Africa.

Nicolas gosta de motociclismo e tem uma Triumph Rocket 3 R e uma KTM 890 Adventure R que se orgulha do espaço que ocupa na sua garagem. Também é um proprietário orgulhoso de um cavalo “cruzado português”.

Antes de fundar o APO Group em 2007, Nicolas serviu sucessivamente como Vice-Diretor do jornal diário regional Francês Le Petit Journal, Diretor do Sindicato de Agricultoras FNSEA em Tarn-et-Garonne (França), assistente parlamentar do Parlamento Francês (Assemblée France), correspondente na Europa da agência de imprensa gabonesa, Gabonews, e Vice-Presidente da Associação de Imprensa Pan-africana em França (APPA). Pompigne-Mognard estudou Direito na Université de Lille (França) e fala inglês e francês. É casado com três filhos e vive em Lisboa, Portugal.

NICOLAU EM RESUMO

VEJA MAIS INFORMAÇÕES

Se não formos donos de nossa história,
perderemos nossa soberania

NICOLAS POMPIGNE-MOGNARD